loader
Por Biuti
Publicado em Curiosidades

A Odontopediatria é a especialidade da Medicina Dentária exclusivamente dedicada à manutenção da saúde oral de crianças, adolescentes e pacientes com necessidades especiais. Tem filhos? Pensámos em si!

Reunimos 10 perguntas mais frequentes sobre Odontopediatria.

1. Quando deve ser a primeira consulta da criança ao odontopediatria?
Idealmente a preocupação com a saúde oral do bebé deve ser iniciada durante a gestação. A saúde oral da mãe tem uma relação direta com a saúde oral do futuro bebé, tanto pelos seus hábitos de dieta e higiene quanto pelos tipos de bactérias que poderão ser transmitidos ao bebé.

2. Quais são os fatores de risco da cárie dentária?
Os fatores de risco prendem-se com a ausência de hábitos de limpeza, a escovagem com um dentífrico desajustado à idade, o aleitamento noturno sem higiene após a erupção dos dentes, o consumo excessivo ou inadequado de doces e/ou hidratos de carbono e, por vezes, com defeitos congénitos relacionados com a má formação dentária.

3. O que fazer para aliviar a angustia do bebé/criança durante a fase de erupção dentária?
Para o alívio do seu desconforto pode ser necessário:
- Dar bebidas frescas e alimentos duros, como côdea de pão ou cenoura;
- Usar mordedores, alguns dos quais podem ser colocados no frigorífico.
- Massajar a gengiva com uma dedeira ou com o seu próprio dedo, com um gel específico para o efeito;
Se mesmo assim os sintomas persistirem, pode sempre administrar um analgésico.
A erupção dentária é uma fase que exige muita paciência e carinho. Nem sempre é fácil para as famílias, mas é preciso ter calma e esperar que passe.

4. Qual o problema mais encontrado no prematuro?
Os prematuros têm uma maior probabilidade de desenvolver problemas dentários, como erupção tardia dos dentes e hipoplasia de esmalte, e problemas no desenvolvimento dos maxilares, como palato fissurado.

5. O meu filho sofreu um traumatismo. E agora?
Em muitos casos ocorrem traumatismos que podem afetar dentes de leite ocasionando a sua mobilidade e graves consequências futuras, como o comprometimento da dentição permanente.
Por isso, é essencial consultar o odontopediatra o mais cedo possível. Caso se trate de uma fratura ou a perda total do dente (avulsão), é importante que o traga consigo para um diagnóstico mais eficiente.

6. A criança também pode ter doença gengival? Porquê?
Sim, a gengivite pode ocorrer em crianças. Na infância, normalmente, a doença gengival está relacionada com uma má higiene oral.
A gengivite é o estágio inicial da doença periodontal, que resulta no aumento de volume, vermelhidão e sangramento da gengiva.
O exame deve ser realizado como rotina na infância, uma vez que um diagnóstico precoce da doença favorece o tratamento.

7. Qual a melhor idade para iniciar o tratamento ortopédico e/ou ortodôntico?
Assim que se observe qualquer alteração na erupção dentária ou na mordida da criança deve procurar-se tratamento pois, desta forma, as intervenções serão mais simples e rápidas.
O controle da erupção dos dentes e visitas constantes ao odontopediatra pode prevenir, minimizar ou mesmo eliminar problemas ortodônticos futuros.

8. o uso da chucha é aconselhável? Não é prejudicial aos dentes?
O uso da chucha assim como a sucção do dedo, em excesso e para lá de determinada idade (3 anos), pode provocar uma mordida aberta com necessidade de acompanhamento e eventual intervenção por ortodontia interceptiva.
Na maioria dos casos, a suspensão destas forças antes dos 3-3,5 anos de idade leva a uma correção das deformações e a um desenvolvimento normal da arcada dentária.

9. Os antibióticos prejudicam a dentição?
É um mito!!
Antigamente, a tetraciclina, um antibiótico que era utilizado em crianças, prejudicava os dentes permanentes durante a sua formação. Hoje, essa medicação não é mais utilizada.
O grande problema das medicações em crianças é que são apresentadas normalmente na forma de xaropes ou soluções açucaradas. Por este motivo, a higiene oral deve ser realizada sempre após a administração de medicamentos.

10. Quando deve iniciar a higiene aos dentes das crianças menores de 3 anos?
O fator mais importante relacionado com a cárie dentária é a presença sobre os dentes, gengivas e língua de um material formado por bactérias e restos alimentares, chamado de placa dentária.
A limpeza da boca do bebé deve ser iniciada logo após a erupção dos primeiros dentes e realizada de preferência após as principais refeições e principalmente antes de dormir, com escovas e pastas específicas para a idade de criança.


Partilhar:


Please fill out all required fields