loader
Por Biuti
Publicado em Curiosidades

A colocação de uma prótese torna-se fundamental para devolver as funções mastigatórias, a estética e até melhorar a dicção. Veja porquê:

• Embora seja muito negligenciada, a mastigação correcta dos alimentos é fundamental para qualquer indivíduo. Corrigindo a dentição irá prevenir ou até eliminar problemas de digestão que surgem com o facto de os alimentos serem mastigados de forma deficiente.

• Em relação à estética, é inegável que um sorriso com a dentição completa tem benefícios claros: a sua auto-estima aumenta, a sua auto-confiança no trabalho e nas suas relações pessoais torna-se superiores. Em suma, irá sentir-se muito melhor consigo mesmo(a).

• No que toca à dicção, sem dúvida que se tornará mais clara e perceptível. E nem será necessário demonstrar-lhe os benefícios inegáveis desta melhoria.


Como funcionam as próteses dentárias?

O funcionamento de qualquer prótese dentária é bem simples: trata-se de um “dispositivo” artificial que permite substituir os seus dentes. É uma estrutura acrílica (com ou sem uma parte metálica-esquelética) que se ajusta aos seus maxilares, fixando-se com a ajuda dos tecidos moles, da estrutura óssea subjacente, do vácuo, ou ainda de uma componente metálica, que o ajudará a substituir de uma forma eficaz os dentes que lhe faltam.

São construídas através de um molde, por laboratórios de prótese dentária especializados e com recurso às mais modernas tecnologias.


Antes de colocar uma prótese, é importante que verifique sempre a sua saúde oral.

É fundamental verificar e corrigir problemas da sua dentição antes de colocar uma prótese.


Por vezes, por questões económicas, ou até de outra natureza, o paciente coloca a prótese sem antes eliminar problemas de cáries, periodontite, ou até infecções de vários tipos. O resultado é que este procedimento irá comprometer as hipóteses de sucesso da prótese dentária.

Outra questão por vezes negligenciada é o cuidado a ter quando tem de extrair alguns dentes. Apressar este processo sem deixar a gengiva cicatrizar e o osso do maxilar consolidar a ausência do dente, pode conduzir a problemas como próteses dentárias que depois de colocadas acabam por “não servir”.

Conselho: aceite este processo sem pressas e não salte etapas. Caso contrário irá despender ainda mais dinheiro e terá problemas acrescidos com um procedimento médico que até é bem simples.


Há alternativas à prótese dentária?

A prótese dentária está tão disseminada por todo o mundo por duas razões: é uma forma simples de substituir dentes em falta e acima de tudo, é a forma mais barata de o fazer. Os custos deste tratamento, quando comparados com outras alternativas, são muito inferiores.


Mas, falemos das alternativas. Quais são?

Os implantes dentários. Sendo honestos e directos, temos que dizer-lhe desde já que colocar implantes dentários em vez de uma prótese dentária, irá deixá-lo(a) com um sorriso muito mais natural e tem mais vantagens que a prótese. Mas, são muito mais difíceis de comportar pela maioria das pessoas.

Assim, se não tiver possibilidade de colocar implantes dentários, opte sem hesitações pela prótese, afinal é segura e de custos relativamente baixos quando comparados com as alternativas.


(Devemos também referir que por vezes a prótese é inevitável quando a estrutura óssea não permite a colocação de implantes, mas tais casos são muito raros.)


Partilhar:


Please fill out all required fields